11 de jan de 2010

Respeito!? Está em extinção







"Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seus semelhantes"
(Albert Schweitzer)


...Estamos no século XXI, vivemos numa sociedade hipócrita, em meio a vícios, modismos e falsos estilos de vida e conduta moral. As pessoas vivem ensandecidas em busca de algo que elas próprias não conseguem explicar.


Mais do que buscar um lugar ao sol na sociedade em que vivemos, precisamos tentar fazer isso com dignidade e respeito, não se pode ser digno se não respeitamos mais nada e nem ninguem. Sem falar na falsa moral, o homem esta se fechando cada vez mais no seu próprio mundo, incapaz de enchergar um palmo além do seu umbigo.
 Com noites de sono cada vez mais curta, acordamos como bichos. Anida diz minha santa mãezinha sábia com toda sua simplicidade: "Bom dia, já não ouvimos e nem dizemos mais!"
 Engolimos um café puro, pois café da manhã completo na mesa é impossível, saimos como que armados para a guerra, ligamos o carro e saimos como se as ruas fossem só nossas, esquecendo que temos sob nosso controle uma arma mortal e que do lado de fora tem outros carros e em cada carro pessoas com o mesmo sentimento, pior para os pedestres, desarmados porem munidos dos mesmos sentimentos.
 No trabalho continua a concorrência, tudo bem, pois fazemos mal, mal aquilo que nos pedem quando somos subordinados, se somos chefes ou patrões odiamos o que fazemos, passamos o dia com náuseas, em meio a pessoas que vem e que vão, às vemos mas não às enchergamos, para que dar passagem se podemos atropelar não é? Pedir desculpa? Isso é para fracos!
Não almoçamos ou jantamos mais à mesa: Não se une mais a familia!
Não ouvimos e nem falamos aos nossos pais e filhos: "Não temos tempo!"
Não pedimos a benção e nem abençoamos: "Somos incrédulos!"
Perdemos a fé, o mundo esta repleto de falsos profetas e falsos pregadores dos bons costumes, hipócritas mercadores da fé, vendedores de ilusão e por falar nisso, será que não há uma pessoa dentre algumas grandes redes de tv que possa por um fim em tamanha falta de bom senso, fala-se no poder que a mídia exerce na educação na formação de nossos jovens e crianças! E o que nos vemos? Culto a sensualidade, culto ao corpo, ao consumismo desenfreado, insentivo à futilidade, não respeitam a nosso inteligência nos fazendo digerir programações imbecis sem o minimo de conteúdo socio- moral eu educativo, comédias idiotas transformam grandes comediantes em mentecaptos com textos morbidos como se houvesse alguma graça em ridicularizar a política, tranformar temas sérios como a violência, o preconceito e a pobresa em piadas de mal gosto. As novelas por exemplo, como na vida deviam ensinar que para toda causa há um efeito e para toda ação uma reação. Fala-se muito em direitos humanos, diretos do cidadão, direitos da criança, do jovem, da mulher, do trabalhador, dos animais, direitos, direitos... e daí?, eu só quero ser respeitado. Aproposito, eu sou fumante, nunca fumei em local público ou fechado pois uso de bom senso e respeito aos não fumantes. O tabagismo é prejudicial a saúde, qualquer idiota sabe disso como sabe também que é praticado desde que o mundo é mundo e hoje alguem sem ter nada melhor para fazer cria uma lei que marginaliza o simples e milenar gesto de fumar. Fumar é grave para quem o faz, muito mais grave e perigoso é brincar com o que é ou não "direito." Estado democrático, estado de direito e deveres... O que é democracia, afinal de contas?
Sem respeito, não havera páz,
sem respeito, não havera amor,
sem respeito, não havera fé,
sem respeito, não havera tolerância,
sem respeito, não havera união
sem respeito, não havera vida,
sem respeito, não havera amanhã,
só o caos... 




"Não é desejável cultivarmos pela lei o mesmo respeito que cultivamos pelo direito."
(Henry David Thoreau)

Divulguem! Compartilhem!

Bookmark and Share




Postar um comentário

11 de jan de 2010

Respeito!? Está em extinção







"Quando o homem aprender a respeitar até o menor ser da criação, seja animal ou vegetal, ninguém precisará ensiná-lo a amar seus semelhantes"
(Albert Schweitzer)


...Estamos no século XXI, vivemos numa sociedade hipócrita, em meio a vícios, modismos e falsos estilos de vida e conduta moral. As pessoas vivem ensandecidas em busca de algo que elas próprias não conseguem explicar.


Mais do que buscar um lugar ao sol na sociedade em que vivemos, precisamos tentar fazer isso com dignidade e respeito, não se pode ser digno se não respeitamos mais nada e nem ninguem. Sem falar na falsa moral, o homem esta se fechando cada vez mais no seu próprio mundo, incapaz de enchergar um palmo além do seu umbigo.
 Com noites de sono cada vez mais curta, acordamos como bichos. Anida diz minha santa mãezinha sábia com toda sua simplicidade: "Bom dia, já não ouvimos e nem dizemos mais!"
 Engolimos um café puro, pois café da manhã completo na mesa é impossível, saimos como que armados para a guerra, ligamos o carro e saimos como se as ruas fossem só nossas, esquecendo que temos sob nosso controle uma arma mortal e que do lado de fora tem outros carros e em cada carro pessoas com o mesmo sentimento, pior para os pedestres, desarmados porem munidos dos mesmos sentimentos.
 No trabalho continua a concorrência, tudo bem, pois fazemos mal, mal aquilo que nos pedem quando somos subordinados, se somos chefes ou patrões odiamos o que fazemos, passamos o dia com náuseas, em meio a pessoas que vem e que vão, às vemos mas não às enchergamos, para que dar passagem se podemos atropelar não é? Pedir desculpa? Isso é para fracos!
Não almoçamos ou jantamos mais à mesa: Não se une mais a familia!
Não ouvimos e nem falamos aos nossos pais e filhos: "Não temos tempo!"
Não pedimos a benção e nem abençoamos: "Somos incrédulos!"
Perdemos a fé, o mundo esta repleto de falsos profetas e falsos pregadores dos bons costumes, hipócritas mercadores da fé, vendedores de ilusão e por falar nisso, será que não há uma pessoa dentre algumas grandes redes de tv que possa por um fim em tamanha falta de bom senso, fala-se no poder que a mídia exerce na educação na formação de nossos jovens e crianças! E o que nos vemos? Culto a sensualidade, culto ao corpo, ao consumismo desenfreado, insentivo à futilidade, não respeitam a nosso inteligência nos fazendo digerir programações imbecis sem o minimo de conteúdo socio- moral eu educativo, comédias idiotas transformam grandes comediantes em mentecaptos com textos morbidos como se houvesse alguma graça em ridicularizar a política, tranformar temas sérios como a violência, o preconceito e a pobresa em piadas de mal gosto. As novelas por exemplo, como na vida deviam ensinar que para toda causa há um efeito e para toda ação uma reação. Fala-se muito em direitos humanos, diretos do cidadão, direitos da criança, do jovem, da mulher, do trabalhador, dos animais, direitos, direitos... e daí?, eu só quero ser respeitado. Aproposito, eu sou fumante, nunca fumei em local público ou fechado pois uso de bom senso e respeito aos não fumantes. O tabagismo é prejudicial a saúde, qualquer idiota sabe disso como sabe também que é praticado desde que o mundo é mundo e hoje alguem sem ter nada melhor para fazer cria uma lei que marginaliza o simples e milenar gesto de fumar. Fumar é grave para quem o faz, muito mais grave e perigoso é brincar com o que é ou não "direito." Estado democrático, estado de direito e deveres... O que é democracia, afinal de contas?
Sem respeito, não havera páz,
sem respeito, não havera amor,
sem respeito, não havera fé,
sem respeito, não havera tolerância,
sem respeito, não havera união
sem respeito, não havera vida,
sem respeito, não havera amanhã,
só o caos... 




"Não é desejável cultivarmos pela lei o mesmo respeito que cultivamos pelo direito."
(Henry David Thoreau)

Divulguem! Compartilhem!

Bookmark and Share




Postar um comentário