26 de mar de 2012

Tempo: Viver para recordar.


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.
(Fernando Pessoa)

 
A vida é cheio de declínios.
São tantos altos e baixos, um dia você sorrir, no outro você chora, coisas boas acontecem, às vezes não... E com tudo vai se formando aquele turbilhão de sentimentos, é como um copo que vai se enchendo de gota em gota, até que ultima faz toda água transbordar, assim somos quando chegamos a certos limites, então só nos resta chorar, seja de felicidade, de tristeza, emoção...  Colocar pra fora tudo que nos consome, nos deprime, nos deixa triste... Esvaziar-se de sentimentos ruins é a melhor receita para se sentir bem.
Não há como fugir das dores, das frustrações... Não há como não deixar-se abater às vezes por algo ou alguém que nos magoa.
Nem tudo é perfeito, nem tudo é da forma que queremos que seja... Não existe passe de mágicas quando se quer tanto algo e este algo está longe do nosso alcance, mas existem outros rumos, outros caminhos para que possamos trilhar, para que possamos chegar naquilo que tanto almejamos: A FELICIDADE.
Eu não tenho pressa, quero viver cada momento como se fosse o ultimo, e se o tempo corre, passa depressa, não se pode sentir a essência do viver, da vida, seu significado e sua beleza do momento.
Até mesmo os dias tristes devem demorar passar, assim temos tempo de aprender com a tristeza, aprender lhe dar com ela.
Procuramos o tempo todo preencher espaços, nem sempre uma pausa quando se está procurando ser feliz é bom... Entre um espaço e outro que nos colocam, inevitavelmente sempre surge algo para preenchê-lo... É a busca incessante do ser humano pela felicidade... Naturalmente quando não se consegue por um caminho, segue-se por outro... Felicidade não se espera chegar, corremos atrás dela, mas não corra contra o tempo... Viva o tempo, sinta o tempo, tome o tempo como aliado, pois há tempo para amar, ser feliz, chorar, crescer... E o tempo passa, deixam marcas, saudades, lembranças, mas isso só acontece quando sabemos viver no tempo certo. Viver é recordar! Você só se recorda daquilo que você vive! E eu vivo cada momento! Se amanhã eu tenho que recordar um dia triste, não importa, haverá outros amanhãs para recordar dias felizes! Afinal dias melhores virão, tudo é questão de tempo!

Ouvindo:
 

Postar um comentário

26 de mar de 2012

Tempo: Viver para recordar.


Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.
(Fernando Pessoa)

 
A vida é cheio de declínios.
São tantos altos e baixos, um dia você sorrir, no outro você chora, coisas boas acontecem, às vezes não... E com tudo vai se formando aquele turbilhão de sentimentos, é como um copo que vai se enchendo de gota em gota, até que ultima faz toda água transbordar, assim somos quando chegamos a certos limites, então só nos resta chorar, seja de felicidade, de tristeza, emoção...  Colocar pra fora tudo que nos consome, nos deprime, nos deixa triste... Esvaziar-se de sentimentos ruins é a melhor receita para se sentir bem.
Não há como fugir das dores, das frustrações... Não há como não deixar-se abater às vezes por algo ou alguém que nos magoa.
Nem tudo é perfeito, nem tudo é da forma que queremos que seja... Não existe passe de mágicas quando se quer tanto algo e este algo está longe do nosso alcance, mas existem outros rumos, outros caminhos para que possamos trilhar, para que possamos chegar naquilo que tanto almejamos: A FELICIDADE.
Eu não tenho pressa, quero viver cada momento como se fosse o ultimo, e se o tempo corre, passa depressa, não se pode sentir a essência do viver, da vida, seu significado e sua beleza do momento.
Até mesmo os dias tristes devem demorar passar, assim temos tempo de aprender com a tristeza, aprender lhe dar com ela.
Procuramos o tempo todo preencher espaços, nem sempre uma pausa quando se está procurando ser feliz é bom... Entre um espaço e outro que nos colocam, inevitavelmente sempre surge algo para preenchê-lo... É a busca incessante do ser humano pela felicidade... Naturalmente quando não se consegue por um caminho, segue-se por outro... Felicidade não se espera chegar, corremos atrás dela, mas não corra contra o tempo... Viva o tempo, sinta o tempo, tome o tempo como aliado, pois há tempo para amar, ser feliz, chorar, crescer... E o tempo passa, deixam marcas, saudades, lembranças, mas isso só acontece quando sabemos viver no tempo certo. Viver é recordar! Você só se recorda daquilo que você vive! E eu vivo cada momento! Se amanhã eu tenho que recordar um dia triste, não importa, haverá outros amanhãs para recordar dias felizes! Afinal dias melhores virão, tudo é questão de tempo!

Ouvindo:
 

Postar um comentário