11/05/2009

"Na saúde e na doença, na alegria na tristeza, até que a morte os separe?"

                                  imagem:http://tbn3.google.com/images?q=tbn:-sD7xrPqTa_-QM:http://buenoecostanze.adv.br/images/stories/food/divorcio.gif

 Nos tempos do meus avós ou até antes, os casamentos se estendiam por longos anos, os casais seguiam á risca o "SIM" depois que o padre fazia as perguntas terminada com:"Até que a morte os separe?"
 Esse ritual cerimonial deveria mudar! em vez de "até que a morte os separe" deveria ser: até que os amantes os separe, até que a crise os separem, até que o arrependimento o separem, até que a rotina, falta de tesão, a mesmice ou até mesmo a TPM os separem?!
 Ninguém casa pensando em se separar, mas, também ninguém se separa sem motivo e dependendo dos motivos fica difícil esperar a morte vim fazer a separação!.
 Minha mãe conta que na sua mocidade ,as moças tinham que casar virgem, moça que não fosse virgem era "perdida". Os namoros eram sempre na presença dos pais e quando davam uma escapadinha era um "fogo dos diabos"!! e para não cair em tentação casavam cedo enchiam a casa de caboclinho!.Um homem  que desonrasse uma moça e não casasse ou ele fugia ou ele morria!
 Separação naqueles tempos eram feitos mais em velório do que em juiz era mais comum uma pessoa ser viúva(o) do que divorciada(o)!
 Hoje em dia um advogado é uma boa pedida, melhor que a morte! Para que prolongar o sofrimento e no final ainda ter que chorar no velório, gastar com enterro e vestir-se de preto?
 Será que o amor resisti a tantos anos de convivência?Tenho minhas duvidas, o comodismo, os costumes, as vantagens, interesses, filhos, família...posses, opiniões alheia,  viver de aparência, vale tudo para para maquiar um casamento falido?"ruim com ele pior sem ele?" Será?????
 Tem a tal da TPM  um distúrbio hormonal que ocorre com as mulheres perto do seu ciclo menstrual e hoje é um dos responsável  pela separação:

Já algum tempo a esposa estava estranha e distante do marido, o tratava mal, quase não faziam sexo, sempre estressada, um dia estava cansada, noutro com dor de cabeça.Até que um dia seu marido a questionou:
_O que está acontecendo com você querida, não vê que nosso casamento não é mais o mesmo, e que tudo esta indo por agua abaixo?
_Desculpa meu bem! é que estou com TPM precoce cronica aguda, procurei um medico ele me receitou o divorcio como não quero prolongar esse sofrimento por muitos anos até vim a morte e nos separar resolvi contratar um advogado!
Estarrecido o marido começo a se questionar:
"será por que estou na andropausa?"


Eu sou da seguinte opinião, como diz Vinicios de Moraes em Soneto de Felicidade:
"Eu possa dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure."


imagem:http://tbn1.google.com/images?q=tbn:SlcVRaRtgSN7XM:http://www.envieimagens.com/imagens/engracadas/engracadas-18.jpg


Postar um comentário

11/05/2009

"Na saúde e na doença, na alegria na tristeza, até que a morte os separe?"

                                  imagem:http://tbn3.google.com/images?q=tbn:-sD7xrPqTa_-QM:http://buenoecostanze.adv.br/images/stories/food/divorcio.gif

 Nos tempos do meus avós ou até antes, os casamentos se estendiam por longos anos, os casais seguiam á risca o "SIM" depois que o padre fazia as perguntas terminada com:"Até que a morte os separe?"
 Esse ritual cerimonial deveria mudar! em vez de "até que a morte os separe" deveria ser: até que os amantes os separe, até que a crise os separem, até que o arrependimento o separem, até que a rotina, falta de tesão, a mesmice ou até mesmo a TPM os separem?!
 Ninguém casa pensando em se separar, mas, também ninguém se separa sem motivo e dependendo dos motivos fica difícil esperar a morte vim fazer a separação!.
 Minha mãe conta que na sua mocidade ,as moças tinham que casar virgem, moça que não fosse virgem era "perdida". Os namoros eram sempre na presença dos pais e quando davam uma escapadinha era um "fogo dos diabos"!! e para não cair em tentação casavam cedo enchiam a casa de caboclinho!.Um homem  que desonrasse uma moça e não casasse ou ele fugia ou ele morria!
 Separação naqueles tempos eram feitos mais em velório do que em juiz era mais comum uma pessoa ser viúva(o) do que divorciada(o)!
 Hoje em dia um advogado é uma boa pedida, melhor que a morte! Para que prolongar o sofrimento e no final ainda ter que chorar no velório, gastar com enterro e vestir-se de preto?
 Será que o amor resisti a tantos anos de convivência?Tenho minhas duvidas, o comodismo, os costumes, as vantagens, interesses, filhos, família...posses, opiniões alheia,  viver de aparência, vale tudo para para maquiar um casamento falido?"ruim com ele pior sem ele?" Será?????
 Tem a tal da TPM  um distúrbio hormonal que ocorre com as mulheres perto do seu ciclo menstrual e hoje é um dos responsável  pela separação:

Já algum tempo a esposa estava estranha e distante do marido, o tratava mal, quase não faziam sexo, sempre estressada, um dia estava cansada, noutro com dor de cabeça.Até que um dia seu marido a questionou:
_O que está acontecendo com você querida, não vê que nosso casamento não é mais o mesmo, e que tudo esta indo por agua abaixo?
_Desculpa meu bem! é que estou com TPM precoce cronica aguda, procurei um medico ele me receitou o divorcio como não quero prolongar esse sofrimento por muitos anos até vim a morte e nos separar resolvi contratar um advogado!
Estarrecido o marido começo a se questionar:
"será por que estou na andropausa?"


Eu sou da seguinte opinião, como diz Vinicios de Moraes em Soneto de Felicidade:
"Eu possa dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure."


imagem:http://tbn1.google.com/images?q=tbn:SlcVRaRtgSN7XM:http://www.envieimagens.com/imagens/engracadas/engracadas-18.jpg


Postar um comentário