10 de abr de 2013

Tudo passa...



“És precária e veloz, Felicidade. Custa a vir, e quando vens, não te demoras. Foste tu que ensinaste aos homens que havia tempo, e para te medir, se inventaram as horas.
Felicidade és coisa estranha e dolorosa:
Fizeste para sempre a vida ficar triste.
Porque um dia se vê que as horas todas passam e um tempo despovoado e profundo persiste"
(Cecília Meireles)



Felicidade é algo que dá e passa...
Ninguém é feliz por 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 48 segundos aproximadamente.
Posso esta explodindo de felicidade e receber uma noticia desagradável no momento, e tudo parecer desabar...
Vivemos de momento, fases alegres, tristes, felizes... Mas jamais infelizes, por que não existem razões para sermos infelizes, o que acontece é que a vida é bela como uma rosa, mas também tem lá seus espinhos. Tristeza, dor, angustia, também passa... Tudo na vida passa... Temos que nos acostumar e não fazer dos problemas o fim de tudo...
Se encontrar uma razão para estar triste, procure outra para estar feliz, e assim vamos vencendo as dificuldades... Não podemos nos deixar abater pelos declínios da vida... Difícil, não é mesmo? Mas o segredo está na dificuldade, sem dificuldade não há superação, mas para que aja superação temos que nos nutrir de coragem e amor próprio... Temos que querer, nos permitir...
Ao em vez de propagar aos quatro ventos que sua vida é uma “merda”, procure entender e saber o porquê de esta passando por determinada situação, comece por se questionar:

  •  Por que minha vida esta assim?
  •   Até que ponto eu fui responsável por isso?
  •  O que devo fazer para mudar essa situação?
  • Se eu sou o responsável o que preciso fazer?
  • E o que devo fazer para que eu me sinta melhor, e supere tudo isso e possa prosseguir daqui pra frente?
Shakespeare disse em sua sabia filosofia: “Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito.”
Faça um curativo em suas feridas, que a dor vai passar...

Postar um comentário

10 de abr de 2013

Tudo passa...



“És precária e veloz, Felicidade. Custa a vir, e quando vens, não te demoras. Foste tu que ensinaste aos homens que havia tempo, e para te medir, se inventaram as horas.
Felicidade és coisa estranha e dolorosa:
Fizeste para sempre a vida ficar triste.
Porque um dia se vê que as horas todas passam e um tempo despovoado e profundo persiste"
(Cecília Meireles)



Felicidade é algo que dá e passa...
Ninguém é feliz por 365 dias, 5 horas, 48 minutos e 48 segundos aproximadamente.
Posso esta explodindo de felicidade e receber uma noticia desagradável no momento, e tudo parecer desabar...
Vivemos de momento, fases alegres, tristes, felizes... Mas jamais infelizes, por que não existem razões para sermos infelizes, o que acontece é que a vida é bela como uma rosa, mas também tem lá seus espinhos. Tristeza, dor, angustia, também passa... Tudo na vida passa... Temos que nos acostumar e não fazer dos problemas o fim de tudo...
Se encontrar uma razão para estar triste, procure outra para estar feliz, e assim vamos vencendo as dificuldades... Não podemos nos deixar abater pelos declínios da vida... Difícil, não é mesmo? Mas o segredo está na dificuldade, sem dificuldade não há superação, mas para que aja superação temos que nos nutrir de coragem e amor próprio... Temos que querer, nos permitir...
Ao em vez de propagar aos quatro ventos que sua vida é uma “merda”, procure entender e saber o porquê de esta passando por determinada situação, comece por se questionar:

  •  Por que minha vida esta assim?
  •   Até que ponto eu fui responsável por isso?
  •  O que devo fazer para mudar essa situação?
  • Se eu sou o responsável o que preciso fazer?
  • E o que devo fazer para que eu me sinta melhor, e supere tudo isso e possa prosseguir daqui pra frente?
Shakespeare disse em sua sabia filosofia: “Não posso escolher como me sinto, mas posso escolher o que fazer a respeito.”
Faça um curativo em suas feridas, que a dor vai passar...

Postar um comentário