27 de nov de 2009

NÃO HÁ MAIS FOLHAS EM MEU DIÁRIO


"Bem me quer...
Mal me quer..."
Mas se a última pétala for mal me quer? Seria melhor não saber!
deixo o malmequer-do-campo de lado e começo ler meu pequeno e velho diário talvez em busca de algumas respostas.
Pulando algumas páginas tristes as demais relatam o quanto também fui feliz.
Bem me quer?! Sim bem me quis!
Nele chorei...nele também fui infeliz!
Mal me quer?! Sim mal me quis!
Em espírito aventureiro cometi devaneios, me apaixonei, me perdi...
conheci o céu sobrevivi o inferno.
Esperem! Uma página borrada!! Ah! lembrei-me...foi o dia em que mais chorei, as lágrimas mancharam o papel, foi nesse dia que eu descobrir que talvez eu não pudesse confiar mais em ti! lembra?
Interrogação e exclamação finalizam a maioria das frases. O que fazer com tantas duvidas e indagações?
Minutos de silêncio:
Ao som do mar Horas antes do Adeus nossas duvidas nos deixam fora de órbita, eis um sonho que se acaba!
Vejo que falta uma página! Ah! Lembrei-me...eu arranquei quando escrevi que te amava e pensei que eu poderia estar vivendo de ilusão!
Mal me quer?! Sim mal me quis
me deixou te amar sem respostas.
Como pássaro aprendendo a voar, a procura de um ninho a procura de carinho muitas vezes me sentir assim.
Conseguir ver o céu de outra dimensão conseguir ver tudo com amor, conseguir sentir o aroma, a beleza da vida...
Bem me quer?! Sim bem me quis...
quando estive em seus braços e para seu suposto amor eu disse "sim"!
O que hoje consegui fazer de mim? Uma mulher apenas que hoje chora de saudade.!
Toda espera tem seu fim...
"Bem me quer...
Mal me quer.."
E agora?? acabaram-se as folhas do meu Diário! Nossa história não terá fim, por que todo fim tem que haver um começo e se nada começou o que vivemos ficou no vago...
"Bem me quer...
Mal me quer..."
"É assim o começar e o terminar de uma amor, tão simples como as pétalas de um belo mal-me -quer do campo"
Não há mais folhas no meu diário para continuar nossa história...
Postar um comentário

27 de nov de 2009

NÃO HÁ MAIS FOLHAS EM MEU DIÁRIO


"Bem me quer...
Mal me quer..."
Mas se a última pétala for mal me quer? Seria melhor não saber!
deixo o malmequer-do-campo de lado e começo ler meu pequeno e velho diário talvez em busca de algumas respostas.
Pulando algumas páginas tristes as demais relatam o quanto também fui feliz.
Bem me quer?! Sim bem me quis!
Nele chorei...nele também fui infeliz!
Mal me quer?! Sim mal me quis!
Em espírito aventureiro cometi devaneios, me apaixonei, me perdi...
conheci o céu sobrevivi o inferno.
Esperem! Uma página borrada!! Ah! lembrei-me...foi o dia em que mais chorei, as lágrimas mancharam o papel, foi nesse dia que eu descobrir que talvez eu não pudesse confiar mais em ti! lembra?
Interrogação e exclamação finalizam a maioria das frases. O que fazer com tantas duvidas e indagações?
Minutos de silêncio:
Ao som do mar Horas antes do Adeus nossas duvidas nos deixam fora de órbita, eis um sonho que se acaba!
Vejo que falta uma página! Ah! Lembrei-me...eu arranquei quando escrevi que te amava e pensei que eu poderia estar vivendo de ilusão!
Mal me quer?! Sim mal me quis
me deixou te amar sem respostas.
Como pássaro aprendendo a voar, a procura de um ninho a procura de carinho muitas vezes me sentir assim.
Conseguir ver o céu de outra dimensão conseguir ver tudo com amor, conseguir sentir o aroma, a beleza da vida...
Bem me quer?! Sim bem me quis...
quando estive em seus braços e para seu suposto amor eu disse "sim"!
O que hoje consegui fazer de mim? Uma mulher apenas que hoje chora de saudade.!
Toda espera tem seu fim...
"Bem me quer...
Mal me quer.."
E agora?? acabaram-se as folhas do meu Diário! Nossa história não terá fim, por que todo fim tem que haver um começo e se nada começou o que vivemos ficou no vago...
"Bem me quer...
Mal me quer..."
"É assim o começar e o terminar de uma amor, tão simples como as pétalas de um belo mal-me -quer do campo"
Não há mais folhas no meu diário para continuar nossa história...
Postar um comentário