14 de mai de 2009

Um dia "Daqueles"


 Tem dias que o mar não está pra peixe!
 Tudo começa pela manhã, quando você acorda atrasado para o trabalho, olha no espelho os olhos estão inchados, devido a noite mau dormida.Para completar meu desespero não consigo falar, a tosse que me fez perder o sono acabou com minhas cordas vocais!
 Sai de casa para o ponto de ônibus, meu corpo parecia ter sido triturado, doía desde do dedo do pé até a raiz do cabelo, logo o ônibus  encostou super cheio, lotado mau conseguia  dar um passo, me senti uma sardinha em latada, tentava me segurar em pé, as pessoas aos poucos iam se afastando de mim na certa estavam com medo que minha gripe fosse a gripe suína! se alguém me dissesse bom dia eu acharia que era uma piada!!
 Pela manhã eu tina duas alternativas:
 1-Ir ao médico, mas antes escrever um relatório com meus sintomas gripal, já que eu não tinha voz para falar, aí então conseguir um atestado e ficar o resto do dia em casa curtindo minha "fossa",talvez lendo, dormindo, ou pensando postar algo no blog que não seria essa postagem é claro! mas diante dos fatos...(eu chego lá).
 2-Ou fazer o que decidir por fazer ,ir trabalhar, mas só tomei essa decisão estúpida porque era o dia de pagamento do "vale" e eu precisava da "grana"! Antes eu  tivesse ficado em casa!
Tive um dia difícil parecia que tinham feito um vudu de minha pessoa e encheram de agulhas! Meu serviço não rendeu nada, meu corpo pedia cama, meu dia de trabalho foi pouco produtivo.
 Já a 1 ano que venho batalhando por uma promoção, ou até um aumento de salário, me esforçando sempre aprendi de tudo um pouco, me superando a cada dia mais, sempre na expectativa do meu trabalho e esforços ser reconhecido
 Antes do almoço minha gerente me notifica de que eu voltaria a exercer a função que  só quem ocupa são os iniciantes que começam trabalhar na empresa.
Febre gripe dor no corpo e agora um banho de agua fria para completar "um dia daqueles"!
Reconheço que eu era muito boa nisso, modestia à parte, eu sempre fui eficiente em tudo que eu fazia, mas eu queria progredir e não regredir seria  voltar a estaca zero!De nada valeu meu esforço, de nada valeu anos de luta e dedicação? servi apenas para preencher lacunas?Queria gritar de raiva mas não tinha voz! Por que não decidir por ficar em casa?Aquele não era meu dia não era mesmo!
 Fui almoçar, minha marmita estava azeda!!!era só que faltava! mas não era mesmo...
 As 18:00 horas sai do trabalho com raiva gripada e mal paga e fui para casa...quero dizer fui tentar chegar em casa sã e salva:
 Estava eu e a cleide, a cleide e eu no ponto esperando aquele ônibus lotado de todo dia, quando derrepente uma movimentação estranha, uma multidão de pessoas corriam rua acima, parecia que tinham soltado um touro bravo em plena Av. Gabriela Mistral ,na Penha,era um corre corre, uma gritaria, eu fiquei estarrecida tentando entender o que estava acontecendo, olhei para minha amiga Cleide  e quase a convidei para corre. Mas correr do que?Era policia por todos os lados.
 Tinham incendiado um ônibus e um caminhão a 3 pontos depois de onde estávamos, não sabíamos ao certo o que estava acontecendo, mas a informação que chegou foi que protestavam a prisão de um traficante de drogas. O transito parou,ônibus estavam sendo desviado por caminhos alternativos.Sem pudor nenhum desabafei em voz alta:"-Mas que "porra" como é que vamos chegar em casa, com toda essa confusão do "caralho" oh! dia de "cão"!!!!. Minha amiga me olhou rindo e perguntou se com tudo aquilo que estava acontecendo eu tinha recuperado a voz!!!
 Tinha tanta policia, bombeiros, helicópteros voando baixo sobre nossas cabeças com holofotes enormes, parecia que eu estava em um filme em Hollywood, mas que Hollywood que nada! eu estava mesmo era no Brasil," meu Brasil  Brasileiro meu mulato izoneiro" e a cenas eram bem reais!
 Realmente um dia" Daqueles"


 Eu recebo por mês por um dia "daqueles" 545,00 reias!
 Quanto será que custa para o governo Brasileiro um país melhor, com salários dignos, segurança, saúde, transporte, educação, cultura,ética, respeito e decência?


Cheguei em casa viva! graças a Deus! ainda muito gripada fui até o hospital, não tinha médico, voltei para casa cansada, triste e desanimada, mas nem tudo estava perdido para minha felicidade minha noite terminou bem, pois recebi uma encomenda que eu estava aguardando a dias: Uma linda camiseta de macéio AL., junto um livro de poesia:"Ilusões Desnuda" escrito por Ronaldo Torres enviado por ele mesmo com direito a autógrafos e dedicatória, fiquei maravilhada e lisonjeada com seu carinho e atenção!
 Depois de um dia "daqueles" tomei um banho, ainda com muita febre peguei o livro e li uma de suas poesias: "O Amanhã do Ontem."
Adormeci...

Mesmo com todo os problemas somos capazes de sorrir e ser feliz!"
Um sorriso sincero!
Um ombro amigo!
uma palavra de carinho!
A força de uma amizade!
O amor de Deus!
entre outras coisas que nos realiza e nos faz feliz, não tem preço... é grátis!
obrigado Tom adorei o seu livro!!!!!

Postar um comentário

14 de mai de 2009

Um dia "Daqueles"


 Tem dias que o mar não está pra peixe!
 Tudo começa pela manhã, quando você acorda atrasado para o trabalho, olha no espelho os olhos estão inchados, devido a noite mau dormida.Para completar meu desespero não consigo falar, a tosse que me fez perder o sono acabou com minhas cordas vocais!
 Sai de casa para o ponto de ônibus, meu corpo parecia ter sido triturado, doía desde do dedo do pé até a raiz do cabelo, logo o ônibus  encostou super cheio, lotado mau conseguia  dar um passo, me senti uma sardinha em latada, tentava me segurar em pé, as pessoas aos poucos iam se afastando de mim na certa estavam com medo que minha gripe fosse a gripe suína! se alguém me dissesse bom dia eu acharia que era uma piada!!
 Pela manhã eu tina duas alternativas:
 1-Ir ao médico, mas antes escrever um relatório com meus sintomas gripal, já que eu não tinha voz para falar, aí então conseguir um atestado e ficar o resto do dia em casa curtindo minha "fossa",talvez lendo, dormindo, ou pensando postar algo no blog que não seria essa postagem é claro! mas diante dos fatos...(eu chego lá).
 2-Ou fazer o que decidir por fazer ,ir trabalhar, mas só tomei essa decisão estúpida porque era o dia de pagamento do "vale" e eu precisava da "grana"! Antes eu  tivesse ficado em casa!
Tive um dia difícil parecia que tinham feito um vudu de minha pessoa e encheram de agulhas! Meu serviço não rendeu nada, meu corpo pedia cama, meu dia de trabalho foi pouco produtivo.
 Já a 1 ano que venho batalhando por uma promoção, ou até um aumento de salário, me esforçando sempre aprendi de tudo um pouco, me superando a cada dia mais, sempre na expectativa do meu trabalho e esforços ser reconhecido
 Antes do almoço minha gerente me notifica de que eu voltaria a exercer a função que  só quem ocupa são os iniciantes que começam trabalhar na empresa.
Febre gripe dor no corpo e agora um banho de agua fria para completar "um dia daqueles"!
Reconheço que eu era muito boa nisso, modestia à parte, eu sempre fui eficiente em tudo que eu fazia, mas eu queria progredir e não regredir seria  voltar a estaca zero!De nada valeu meu esforço, de nada valeu anos de luta e dedicação? servi apenas para preencher lacunas?Queria gritar de raiva mas não tinha voz! Por que não decidir por ficar em casa?Aquele não era meu dia não era mesmo!
 Fui almoçar, minha marmita estava azeda!!!era só que faltava! mas não era mesmo...
 As 18:00 horas sai do trabalho com raiva gripada e mal paga e fui para casa...quero dizer fui tentar chegar em casa sã e salva:
 Estava eu e a cleide, a cleide e eu no ponto esperando aquele ônibus lotado de todo dia, quando derrepente uma movimentação estranha, uma multidão de pessoas corriam rua acima, parecia que tinham soltado um touro bravo em plena Av. Gabriela Mistral ,na Penha,era um corre corre, uma gritaria, eu fiquei estarrecida tentando entender o que estava acontecendo, olhei para minha amiga Cleide  e quase a convidei para corre. Mas correr do que?Era policia por todos os lados.
 Tinham incendiado um ônibus e um caminhão a 3 pontos depois de onde estávamos, não sabíamos ao certo o que estava acontecendo, mas a informação que chegou foi que protestavam a prisão de um traficante de drogas. O transito parou,ônibus estavam sendo desviado por caminhos alternativos.Sem pudor nenhum desabafei em voz alta:"-Mas que "porra" como é que vamos chegar em casa, com toda essa confusão do "caralho" oh! dia de "cão"!!!!. Minha amiga me olhou rindo e perguntou se com tudo aquilo que estava acontecendo eu tinha recuperado a voz!!!
 Tinha tanta policia, bombeiros, helicópteros voando baixo sobre nossas cabeças com holofotes enormes, parecia que eu estava em um filme em Hollywood, mas que Hollywood que nada! eu estava mesmo era no Brasil," meu Brasil  Brasileiro meu mulato izoneiro" e a cenas eram bem reais!
 Realmente um dia" Daqueles"


 Eu recebo por mês por um dia "daqueles" 545,00 reias!
 Quanto será que custa para o governo Brasileiro um país melhor, com salários dignos, segurança, saúde, transporte, educação, cultura,ética, respeito e decência?


Cheguei em casa viva! graças a Deus! ainda muito gripada fui até o hospital, não tinha médico, voltei para casa cansada, triste e desanimada, mas nem tudo estava perdido para minha felicidade minha noite terminou bem, pois recebi uma encomenda que eu estava aguardando a dias: Uma linda camiseta de macéio AL., junto um livro de poesia:"Ilusões Desnuda" escrito por Ronaldo Torres enviado por ele mesmo com direito a autógrafos e dedicatória, fiquei maravilhada e lisonjeada com seu carinho e atenção!
 Depois de um dia "daqueles" tomei um banho, ainda com muita febre peguei o livro e li uma de suas poesias: "O Amanhã do Ontem."
Adormeci...

Mesmo com todo os problemas somos capazes de sorrir e ser feliz!"
Um sorriso sincero!
Um ombro amigo!
uma palavra de carinho!
A força de uma amizade!
O amor de Deus!
entre outras coisas que nos realiza e nos faz feliz, não tem preço... é grátis!
obrigado Tom adorei o seu livro!!!!!

Postar um comentário